Postagens

O Livro de Areia : Uma Carta para Flor

Imagem
Flor, Menina Bonita ... Saudade de Seu Perfume de Rosa Manjericão, Minha Filha ... Outro Dia conheci um Camelo que me explicou Muitas coisas ... Porque ele Era tão Velho que viveu no Tempo que Este grande Deserto Era uma Floresta Verde. Eu Cantei sua Música Pra ele e Lhe vi chorar ... Filhote, no Dia que o Mundo Parou eu não tava do seu Lado pra te fazer Dormir ... Mas a Mamãe tá sempre com você, como na estória da Abayomi, se lembra? Sei q Você tá sentindo falta de brincar com os amigos na Ilha e Nadar no Mar ... Mas nåo se préoccupe, que tudo Vai dar certo! Tudo tudo Vai dar Certo! O Mundo teve que parar, Filha ... Porque o Homem tá Destruindo o Mundo. Lembra quando a Lama acabou com Bento Rodrigues? Lembra Quando akele vazamento de Petróleo Contaminou a Ilha? Lembra de Quantas vezes a gente catou plástico e lixo pela praia? Você tava no abraço do Rio Utinga, você Viu os parentes Indígenas Chorar pedindo Deus pra ajudar e protéger o seu Povo q Vem sofrendo desde q Invadiram o Brasil…

Neurabyn, A Dança de Nossas Avós

Imagem
#olivrodeareia . O povo Lebu é Povo Guardião do Ritual Ancestral do Ndop e da Dança Sagrada do Neurabyn.
Neurabyn é o Fio Que Conecta Todas as Mulheres Numa Comunidade Lebu. Da Avó ao Feto Mergulhado na Barriga da Mulher Grávida, da Mãe Experiente à Jovem Adolescente... "O Neurabyn é a Dança Das Nossas Avós", Me Fala Tchaba Samba Ndaye, Sentada no Gall (Barco) de Seu Pai.
São as Cantigas de Neurabyn Que Elas Vão Cantar Pra Falar de Seu Povo,
Vão Cantar Para Ninar seus Bebês,  Vão Cantar Pra Ensinar Suas Crianças a Falar,  Vão Cantar Enquanto Lavam a Roupa,  Enquanto Puxam a Água do Fundo do Poço, Enquanto Esperam as Barcas de Seus Voltarem da Pesca,  Vão Cantar nos Casamentos de Suas Filhas  E no Nascimento de Suas Netas. . ⛵ Mo Maiê, Sénégal, Maio de 2020 . . #repatriation #culturaancestral #corpoeancestralidade #fogonosracistas #africa #blackwomen  #africa  #africanroots #senegal #tambor #roots #africanism  #africabrasil  #music #blackmagic  #westafrica  #farafina  #dance #transatlantika  #musicmedicine  #…

Áfrika, Minha Áfrika

Áfrika, Minha Áfrika Áfrika dos guerreiros orgulhosos em savanas ancestraisÁfrika minha avó canta À beira do rio distante...Eu nunca te conheci, Mas meus olhos estão cheios do seu sangue, Seu lindo sangue preto Que através dos campos se espalhou ...O sangue do seu suor O suor do seu trabalho O trabalho da escravidão A escravidão dos seus filhos. Áfrika me diga, Áfrika! Então é você que Vem Corcunda Sob o peso da humildade Tremendo de volta Com listras vermelhas, Quem diz sim ao chicote nas estradas do meio-dia? Então uma voz grave me respondeu: Filho impetuoso Esta árvore robusta e jovem Aquela árvore ali Esplendidamente sozinha,entre as flores, Branca e desbotada, É a Áfrika, a sua Áfrika, Que repele Quem pacientemente teimosamente repele E cujos frutos foram gradualmente tomandoO gosto amargo da liberdade. Poesia de #DavidDiop, Nascido em 1927 , em Bourdeau

Jammu Áfrika . Paz na Áfrika !

Imagem
"Afrika a a a Afrika mon Afrique
Sama gent gi maa ngi ñaan Yalla wonma ko bala may ñibbi barsaq
Ma ne bes du ñakk ci bes yi Afrika don benn reew
D'ici ou d'ailleurs nous somm' des enfants d'Afrique
Mêm' si le ciel tombait luttons pour la paix
Kon jammu Afrika moom lay ñaan
Mané jammu Afrika mooy suñu natange
Afrika a a a Afrika a a
Afrika a a a Afrika mon Afrique

Yow mi nekka bittim reew man mi Lô maa ngi lay ñaan
Ak loo fa meun ta am ak noo fa meun ta mel bul fatte Afrika
Ici ou ailleurs la paix prix du bonheur
Mêm' si le ciel pleurait luttons pour nos frères
Kon jammu Afrika moom lay ñaan
Mané jammu Afrika mooy suñu natange
Afrika a a a Afrika a a
Afrika a a a Afrika mon Afrique

Onon bibbe Afrika ngimode, ngimode liggo-den leydi men
Ngaccen hasi daagal yoo Alla suren e musibaadi
Yoo Alla addu jam to Ruanda
Yoo Alla addu jam to Burundi
Yoo Alla addu jam to Casamans
Lawol Mbignona yee


Traduction (les deux premiers couplets sont en wolof, le dernier est en Pulaar)

Dans mon rêve je…

Árvore da Memória : Diango Diabaté

Imagem
Eu sou Diango Diabaté. Venho de Kita, do Mali, de uma família de Griô Diabaté. Pai Griô, Mãe Griô, Toda Família Griô. 

Meu Pai se Chamava Tchepogo Diabaté e Minha Mãe se chamava Meimuna Damba. 
Maimouna Damba Era descendente de Sumauro, Kanté, Fakoly. Damba é o Mesmo Nome Kanté. As Mulheres de Sobrenome Kanté se chamam Damba. 
Mas eu nunca vi Maimouna Damba, porque quando Eu Nasci, Ela Morreu. Quem Me Criou foi a Primeira Mulher do Meu Pai, Kanduba Diabará, uma Grande Cantora. Ela fez muito por mim. Ela me Criou como seu Próprio Filho.

Antes o Casamento de um griô durava uma semana. A cada Dia se Tocava o Djambé, o Balafon, o Ngoni ...
Na Tradição de Kita, durante o Casamento todos os Griôs se Reunem e alguns entram na Floresta pra conseguir Arroz, Vacas, Trazem o Tama, os Dundun à Casa do Rei.

A cada Dia se Come uma Vaca ou Cabra, por uma semana. Mas não é o Noivo que page por tudo. São os Griôs que se juntam pra realizar a FESTA. Em Kita, no Mali é assim...

Eu Nasci e cresci Dentro da Cul…

Coleção Transatlântica

A Coleção Transatlântica é uma Compilação Sonora Transcontinental, que Visa Conectar Músicos, Artistas, Educadores, Produtores e Comunidades da África, do Brasil entre outros Territórios Banhados pela Diáspora Negra, Através de uma Rede Criativa de Experiência. Em 2020, serão lançados os primeiros álbuns da coleção, com a participação de paisagens sonoras e temas de compositores e músicos do Brasil, Mali, Angola, Senegal, Guiné, África do Sul, Moçambique, França e Estados Unidos. Transatlântica Propõe Comemoração à Diversão e Música da Música do Mundo, Tendo por Inspiração Texturas e Timbres de Instrumentos Musicais Ancestrais e Experimentais, Relembrando os Intensos Movimentos de Trocas e Hibridações que Caracterizam os Caminhos dos Músicos Africanos. Se uma música não tem fronteiras, como pode procurar modos de vida mais flexíveis, pautados na busca pela tolerância e respeito pelas diferenças, através de compartilhamentos e trocas musicais como antídoto contra o Mal, contra a Vio…

L'engouement : Transatlântica

Imagem
Estive esta semana fechando mais um Ciclo dans marés da Residencia Transatlântica Senegal . .2020. aqui n'a capoeira da savana Atlantic do Espaço L'eaungement, que Faz parte do Complexo Multicultural Sobobade, localizada n'a vila de pescadores chamada de Toubab Diallaw, parte da Grande Dakar.

A residência artística TRANSATLÂNTICA  me trouxe a benção de vivenciar um profundo mergulho no universo dos saberes e fazeres musicais na densa trama cultural do Oeste Africano, de janeiro a abril de 2020, no  Senegal e no Mali, com o apoio cultural do "Programa Ibermúsicas" e do "Complexo Multicultural Sobobade.

A Residência Transatlântica faz parte de um amplo projeto transcultural que conecta uma rede criativa de experimentação e saberes entre músicos, artistas, educadores, produtores e comunidades na África, no Brasil, na América e na Europa.
TRANSATLANTICA celebra o encontro sinestésico entre o universo musical brasileiro e o universo musical do Oeste africano e da…